Utilizando como exemplo, um agricultor arando a terra para uma plantação, dizemos que esse ato de aplicar uma força no arado para sulcar a terra denomina-se transferência de energia, ou seja, transfere energia de seus músculos para o arado.

Assim, uma força realiza trabalho. Então, dizemos que energia é a capacidade espontânea de um corpo realizar trabalho. E sua fórmula é:

W = F . D

Onde, w = trabalho, F = força e d = deslocamento

CLASSIFICAÇÃO DA ENERGIA MECÂNICA

Energia Potencial Gravitacional (Ep)

É dado um corpo de peso P, onde o mesmo será suspenso até um altura h. Assim, dessa maneira nota-se que esse sistema corpo e solo dispõe de uma energia P . H, a qual denomina-se trabalho. A esse trabalho (P . H), podemos expressar a energia potencial gravitacional do corpo sujeito à ação de gravidade. Sua fórmula é:

P = m . g

Onde, p = peso, m = massa e g = gravidade

Energia Cinética (EC)

É a grandeza atribuída a um corpo de massa m, que num determinado momento apresenta velocidade em relação à um referencial:

E = m . V/ 2

Energia Potencial Elástica (EPe)

O trabalho realizado pela força elástica de uma mola, num determinado referencial A, transformando a energia potencial elástica na posição B, denomina-se energia potencial elástica. É dada pela expressão:

E = K . x^2/ 2

Fontes de energia

São várias as fontes de energia e algumas de vital importância para nossa sobrevivência, como é o caso dos alimentos. Esses, são responsáveis pelo bom funcionamento do nosso organismo. O petróleo é uma forte de energia que fornece gasolina, óleo diesel, gás e outros derivados.

O álcool é outra fonte de energia que no Brasil chegou a substituir, por anos, a gasolina na boa parte de veículos nacionais.

Em geral, a energia é expressa em unidade do joule (J), no Sistema internacional.